Dez lanchinhos light e práticos

Captura de Tela 2014-07-19 às 20.27.15

Você toma um café da manhã super light, capricha na salada e nas carnes magras no almoço. Até o fim da tarde, porém, o ponteiro do relógio parece empacar. As três horinhas de intervalo entre uma refeição e outra parecem nunca ter sido tão longas. Qualquer docinho ou bolinho que aparece vira uma tentação irresistível, e bastam alguns minutos de fraqueza para todo o esforço ir por água abaixo. Diante da situação, muita gente se pergunta: como é possível não sair da linha? Alimentar-se de maneira regrada e escolher os alimentos certos para o lanche. “Quem se alimenta de forma regular, em horários específicos, dificilmente sentirá muita fome em determinado momento do dia, ficando mais fácil de controlar a gula e cometer deslizes”, explica a nutricionista Fernanda Caldeira, da Pronokal, multinacional europeia focada em um método multidisciplinar de reeducação alimentar. “Manter uma hidratação adequada ao longo do dia também é outro ponto muito importante”, completa ela.

Você também tem dificuldades para conseguir se manter na dieta? Pedimos a nutricionistas que indicassem alguns lanchinhos fáceis de preparar e encontrar – praticamente todos podem ser encontrados em mercados, hortifrutis e lojas de produtos naturais da cidade. Monte já seu estoque e resista às guloseimas!

O que?
Snack de soja de ervas finas

Por que é bacana?
O salgadinho é fonte de proteínas e de fibras, baixo em sódio (pois é feito com sal light) e sem glúten. Tem somente 95 kcal por porção.

O que?
Barra de frutas orgânicas de açaí e banana

Por que é bacana?
Fonte de fibras e vitamina C, tem apenas 79 kcal por porção. Ideal para um lanche rápido, prático e que dá energia.

O que?
Barra salgada de granola crocante

Por que é bacana?
Feita com sete grãos integrais, entre eles quinoa, linhaça e aveia. Fonte de proteínas e de fibra. Baixa em sódio, pois é feita com sal light, e tem somente 67 kcal por porção.

O que?
Sanduíche de pão integral light, queijo cottage light, peito de peru e orégano. 
Monte o sanduíche com duas fatias de pão, uma colher de sopa de cottage light, duas fatias de peito de peru e orégano a gosto.

Por que é bacana?
Lanchinho leve, rápido, baixíssimo em gordura e saboroso. Somente 150 kcal. O pão 100% integral é ótima fonte de fibras e proteínas. Atenção: a maioria dos pães integrais contêm farinha branca, ou seja, não são realmente integrais. Esteja atento aos ingredientes do pacote quando for adquirir o seu.

O que?
Sanduíche de pão árabe pequeno integral com uma fatia de queijo minas, tomate e orégano.

Por que é bacana?
Tem aproximadamente 100 calorias, é rico em fibras, cálcio e licopeno.

O que?
Iogurte light com mix de castanhas, amêndoas e nozes picadas (4 unidades de oleaginosas).

Por que é bacana?
É um lanche rico em cálcio, saudável e nutritivo. Quando aliadas a uma dieta balanceada, as oleaginosas auxiliam no emagrecimento, já que são ricas em gorduras monoinsaturadas responsáveis por equilibrar o nível de açúcar no sangue e ativar o metabolismo.

O que?
Chips de mandioca assados

Por que é bacana?
Saciam a vontade de uma “besteirinha” salgada sem prejudicar a dieta.

O que?
Uma barrinha de fruta + uma barrinha de sementes, gergelim ou quinua 

Por que é bacana?
Essa combinação mata a vontade de um docinho e fornece fibras e principalmente gorduras saudáveis

O que?
Salgadinho de arroz integral sabor natural

Por que é bacana?
Apresenta baixa concentração de conservantes e poucas calorias

O que?
Barras de arroz integral caramelizados 

Por que é bacana?
Fácil de ter na bolsa, fonte de fibras e ótimo para enganar a fome

O que?
Frutas desidratadas (maçã, banana, manga, abacaxi)

Por que é bacana?
São encontradas em pacotes, em lojas naturais e mercados, e têm pouquíssimas calorias. Ainda acrescentam fibras à dieta e não contém conservantes.

Fontes:
 nutricionistas Carla Noce, da Clínica Vitèe; Fernanda Caldeira, da Pronokal; e Patricia Rung, da Clínica de Nutrição Funcional Patricia Davidson Haiat.

Nova ferramenta norte-americana permite planos cirúrgicos no computador

O cirurgião plástico Ricardo Cavalcanti, membro das sociedades brasileira e norte-americana de cirurgia plástica, está lançando no Rio de Janeiro a mais nova ferramenta desenvolvida nos Estados Unidos e já utilizada por mais de 400 cirurgiões plásticos daquele país. A Touch M.D. armazena os dados dos pacientes em um banco de dados online, que pode ser alimentado pelo próprio paciente, a partir do uso de uma senha eletrônica. A ferramenta disponibiliza detalhes sobre cada procedimento cirúrgico, assim como os cuidados pós-operatórios que serão necessários. Dessa forma, a paciente se mantêm totalmente informada sobre o que pode acontecer depois da cirurgia, sem surpresas.

Segundo o cirurgião Ricardo Cavalcanti, Diretor Médico da clínica e membro das sociedades brasileira e norte-americana de cirurgia plástica, o procedimento é muito simples. Após cadastrar os dados, o médico fotografa a paciente, insere no computador e consegue “marcar” na própria tela as áreas do corpo que passarão por intervenções cirúrgicas. Ou seja, é possível elaborar um plano cirúrgico completo preparado na tela do computador. A Touch M.D. permite também que a paciente assine, concordando com o planejado, eletronicamente. A próxima etapa é transformar o documento em um arquivo em PDF e enviá-lo por e-mail ao paciente. E o melhor, os arquivos podem ser acessados, a partir de um notebook ou de um Ipad, na própria sala de cirurgia, permitindo a visualização do plano operatório e das fotos e evitando o manuseio de papéis.

A Touch M.D. permite, ainda, programar procedimentos estéticos não-cirúrgicos. Além disso, conta com uma biblioteca de imagens que podem ser utilizadas em benefício de paciente e médico e com um programa de instruções com massagens pós-operatórias, para as pacientes acessarem e realizarem em casa. O mais importante é que todo o procedimento é realizado com total segurança, as informações são criptografadas com nível de segurança bancária

Comentários

Categorias